FAPERN e Sebrae/RN assinam termo de cooperação para beneficiar incubadoras do RN

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), através Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte (FAPERN), juntamente com o Serviço de Apoio as Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Norte (Sebrae/RN) assinaram na manhã desta sexta-feira (6) na Sede do Sebrae/RN, o Termo de Cooperação do Projeto Habitats de Inovação do Rio Grande do Norte.

O termo que irá resultar em um edital para incubadoras, com previsão de lançamento para as  próximas semanas, terá o objetivo de desenvolver as ações para a execução do Projeto e para dar apoio ao desenvolvimento e implantação das incubadoras de empresas no Rio Grande do Norte, incentivando a consolidação das incubadoras em operação e estimulando a criação de novas.

O presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae, José Àlvares Vieira falou da importância desse Edital para o Estado: "Estaremos sempre apoiando para o desenvolvimento econômico, social e sustentável do Rio Grande do Norte e o recurso alocado para o futuro edital vai de encontro as necessidades dos negócios".

O secretário de Estado do Planejamento e das Finanças (Seplan), Gustavo Nogueira relatou os investimento que o Rio Grande do Norte realiza em Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI): " O Governo destinou R$ 52 milhões para CTI, ações como o Parque Tecnológico do Rio Grande do Norte (PotyPark) e outras atividades como essa. Pois, estimular as incubadoras é importante para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte".

Já o diretor-presidente da Fapern, Uílame Umbelino Gomes falou da importância do investimento nas incubadoras: "As incubadoras são importantes para o desenvolvimento de um país e elas ligam os estudantes das universidades ao mercado de negócio, isso é o conhecimento gerando oportunidades".  

A cerimônia de assinatura do Termo também contou com a participação do secretário adjunto da Sedec, Otomar Lopes Cardoso; do  diretor administrativo-financeiro da FAPERN, Paulo Waldemiro;  dos diretores da Diretoria Executiva do Sebrae/RN, João Hélio e José Eduardo Viana; e de representantes das instituições de ensino superior do Rio Grande do Norte e de empresas incubadas.

Valores
O Termo de Cooperação FAPERN/Sebrae é de R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais), sendo R$ 200.000,00 (duzentos mil reais) da FAPERN e R$ 400.000,00 (quatrocentos mil reais) do Sebrae/RN. Esses recursos deverão apoiar cerca de 20 incubadoras. 


0 comentários:

Postar um comentário