Alvaro - 4 Anos









Texto que veta uso pelo Facebook de conteúdo publicado na rede social 'não serve para nada'


Ele voltou. Um texto que circula há alguns anos no Facebook com uma declaração em que o usuário proíbe o uso de qualquer conteúdo postado por ele pela rede social voltou a ser bastante publicado nos últimos dias - uma medida sem qualquer efeito prático, segundo a empresa e especialistas.

Desde que surgiu pela primeira vez, o post já ganhou diferentes versões, todas com a mesma essência: declara o perfil como privado e veta a "divulgação, cópia, distribuição ou qualquer outra ação" de imagens, informações ou publicações, "tanto do passado como do futuro", pelo Facebook e organizações controladas pela empresa.

A razão disso seria o fato da rede social ter passado a ter suas ações negociadas em bolsa. "O Facebook agora é uma entidade de capital aberto", explica o texto, o que denuncia há quanto tempo ele é divulgado no site, já que a companhia abriu seu capital em 2012.

Por fim, afirma que não, ao não publicá-lo em seu perfil, a pessoa está "tacitamente" permitindo o uso de suas publicações.

O problema é que, ao se cadastrar no site e aceitar seus termos de uso, o usuário deu uma autorização explícita para o Facebook usar comercialmente os dados de seu usuário. E a publicação de uma declaração como esta não invalida a aceitação dessas condições.

"Não existe isso de consentimento tácito. Todo ambiente digital tem suas próprias regras, normas que governam seu uso. Todo usuário aceitou esses termos de uso. Declarações pessoais feitas pelos usuários não se sobrepõem aos termos de uso da plataforma", afirma Carlos Affonso Souza, diretor do Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro e professor de Direito da Universidade Estadual do Rio de Janeiro.

"Por isso, não publicar o textão tem o mesmo efeito de publicá-lo: nenhum. Salvo o aborrecimento dos amigos que precisam ficar lendo essas declarações de independência autoral sem qualquer base."

No campo "Direitos e Responsabilidades" de seus termos, a rede social diz que o usuário retém os direitos de propriedade intelectual dos conteúdos que posta, mas, ao publicá-los em seu perfil, dá ao Facebook uma licença para usá-los e mostrá-los dentro de seu sistema.

Venda de lâmpadas incandescentes está proibida no país a partir de hoje

A partir de hoje (30), está proibida a venda de lâmpadas incandescentes no Brasil. O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) começa a fiscalizar amanhã (1º), por meio dos institutos de Pesos e Medidas (Ipem) estaduais, estabelecimentos comerciais que ainda tenham à disposição lâmpadas incandescentes com potência de 41watts (W) até 60 W. Quem não atender à legislação poderá ser multado entre R$ 100 e R$ 1,5 milhão.

A restrição foi estabelecida pela Portaria Interministerial 1.007/2010, com o objetivo de minimizar o desperdício no consumo de energia elétrica. Uma lâmpada fluorescente compacta economiza 75% em comparação a uma lâmpada incandescente de luminosidade equivalente. Se a opção for por uma lâmpada de LED, essa economia sobe para 85%.

A troca das lâmpadas incandescentes no Brasil começou em 2012, com a proibição da venda de lâmpadas com mais de 150W. Em 2013, houve a eliminação das lâmpadas de potência entre 60W e 100W. Em 2014, foi a vez das lâmpadas de 40W a 60W. Este ano, começou a ser proibida também a produção e importação de lâmpadas incandescentes de 25 W a 40 W, cuja fiscalização ocorrerá em 2017.

Fiscalização

Segundo o responsável pelo Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE) do Inmetro, engenheiro Marcos Borges, a fiscalização tem caráter educativo, porque os comerciantes foram orientados sobre a proibição desde o ano passado. “Por isso, entendemos que o impacto não é brusco para os comerciantes, porque eles já vêm sendo instruídos nesse sentido desde a assinatura da portaria, em 2010.”

Borges informou que, desde o apagão de 2001, o Inmetro desenvolve um programa de educação do consumidor brasileiro, no qual mostra que as lâmpadas incandescentes duram menos e consomem muito mais energia do que, por exemplo, a lâmpada fluorescente compacta. “Ficou claro para o consumidor que a lâmpada fluorescente compacta era muito mais econômica que a incandescente.”

Economia

Ele citou, como exemplo, o caso de uma casa com dois quartos que usaria em todos os cômodos lâmpadas incandescentes de 60 W. “Elas gerariam valor em um mês de R$ 20 a R$ 25 para iluminar a casa. Ao trocar por uma lâmpada equivalente fluorescente compacta, essa conta cairia para R$ 4 ou R$ 5 em apenas um mês. O consumidor entendeu isso e, ao longo do tempo, já vai deixando de usar esse material.”

Números do Inmetro mostram que, em 2010, 70% dos lares brasileiros eram iluminados pelas incandescentes. Agora, somente 30% das residências usam esse tipo de lâmpada, que não podem mais ser comercializadas no Brasil, seguindo recomendação da Agência Internacional de Energia (AIE).

Agênciabrasil*


'Lula será candidato em 2018', afirma Dilma a revista francesa

Em entrevista feita em Brasília para a revista francesa semanal "L'Express" divulgada nesta quarta-feira (29), Dilma Rousseff afirmou que Lula será candidato à Presidência em 2018. A informação é, inclusive, uma das chamadas da capa da publicação.

"É a razão principal do golpe de Estado: prevenir que o Lula se apresente à Presidência. Hoje em dia, apesar de todas as tentativas de destruir a sua imagem, Lula continua entre as pessoas mais amadas. Eu posso te dizer que ele vai se apresentar na próxima eleição", disse.

Questionada sobre como ela vê e espera a possível confirmação do afastamento no Senado, Dilma se disse profundamente injustiçada quanto à forma como "foi tirada do poder". Na entrevista, ela ainda disse que não cometeu crime de responsabilidade, mas que apenas aprovou quatro decretos para créditos suplementares a fim de financiar, principalmente, hospitais.

"Não sou o primeiro presidente a agir assim. O Fernando Henrique Cardoso aprovou 23 decretos similares. Na verdade, [a acusação] é apenas um pretexto."

No decorrer da entrevista, Dilma voltou a defender o PT, a falar que não sabia do esquema de corrupção na Petrobras e a criticar os grampos divulgados pelo juiz federal Sérgio Moro. "Não importa o país do mundo, divulgar o registro de uma conversa do chefe de Estado seria um crime."

Dilma ainda citou a queda de três ministros do governo interino por corrupção e que o momento político no Brasil "é grave".

UOL*


Governo fará perícia para identificar erros no pagamento de auxílio-doença

O ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, anunciou hoje (30) que o governo fará um amplo processo de perícia médica para identificar beneficiários do auxílio-doença que recebem, mas não precisam mais do benefício. Segundo ele, atualmente, são gastos R$ 13 bilhões por ano com o pagamento do auxílio a pessoas que recebem o benefício há mais de dois anos, mas é preciso reduzir essa conta.

"Faremos uma perícia em todas as pessoas que recebem auxilio-doença. Faremos um cruzamento na base de dados para ver se pessoas em um programa não estão em outro. Isso irá reduzir as despesas. Não acabaremos com os programas, mas quando a pessoa está curada não precisa mais. Precisamos de ação gerenciais para podermos ver se os benefícios estão indo para a área correta”, destacou.

Atividade econômica

O ministro participou de encontro entre o presidente interino Michel Temer e representantes da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), no Palácio do Planalto, e disse que beneficiários não precisam ir para os postos de saúde, pois
Para Oliveira, encontros como esses são positivos porque mostram o apoio do setor privado às iniciativas do governo. Segundo o ministro, o governo tem adotado um conjunto amplo de iniciativas que demonstram a direção que a política econômica está tomando, com a estabilização e a retomada da confiança.

“Foram tomadas diversas iniciativas. O presidente determinou um conjunto de ações para a retomada da atividade econômica. Nenhum país conseguiu se estabilizar sem a confiança. O país está em uma rota sustentável de crescimento. Estamos trabalhando de forma firme e dedicada”, disse.

Dyogo destacou ainda a importância do papel do legislativo que retomou as discussões sobre medidas importantes que estavam “há muito paradas”, como a Desvinculação de Receitas da União (DRU) e a das estatais. Para Dyogo, os indicadores têm mostrado que o governo está no caminho certo.

“O mercado está demonstrando isso. Analistas já indicam que existem a possiblidade de atingirmos o centro da meta para a inflação em 2017, permitindo a retomada do crescimento. Há indicadores da queda do risco Brasil, mostrando a confiança dos investidores” destacou.

AgênciaBrasil*


Campus Pau dos Ferros abre seleção para novos projetos de extensão em Música


O Núcleo do Artes do Campus Pau dos Ferros do IFRN (Nuarte) está com seleções abertas para dois novos projetos de extensão: "Fazendo e Aprendendo Música" e "Jovem Compositor".

Os projetos são gratuitos e funcionarão no Laboratório de Música do Campus. Interessados da comunidade externa podem participar.

FAZENDO E APRENDENDO MÚSICA
Este projeto disponibiliza 60 vagas, tendo como público-alvo professores de Artes do Ensino Fundamental e Ensino Médio, pedagogos e arte-educadores em  geral. As inscrições podem ser feitas a partir de 30/6 até 31/7/2016, mediante preenchimento de FORMULÁRIO ELETRÔNICO.

JOVEM COMPOSITOR
O Projeto consiste em um Festival de MPB, realizado anualmente pelo IFRN, e que nesta edição envolverá escolas da Educação Básica. O número de vagas deste projetos é indefinido. Para mais informações, entrar em contato pelo e-mailnuarte.pf@ifrn.edu.br . "O público-alvo aqui são estudantes com escolaridade a partir do 6º ano, de escolas públicas e particulares", explica o Professor de Artes/Música, Junnior Miranda, coordenador dos projetos. 

Mais informações podem ser obtidas através do e-mail do Nuarte: nuarte.pf@ifrn.edu.br .

Anac libera pousos e decolagens no aeroporto de Mossoró, RN

A Agência Nacional de Avicação Civil (Anac) liberou pousos e decolagens de voos particulares no Aeroporto Dix-Sept Rosado em Mossoró. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (29). O aeroporto estava interditado para voos particulares desde janeiro deste ano porque, segundo a Anac, o local não atendia exigências mínimas de segurança.

O Departamento de Estradas de Rodagens (DER), responsável pela administração do aeroporto, informou que em março começaram as obras de recuperação do terminal. O aeroporto ganhou uma cerca de proteção, uma estrada para o patrulhamento da pista, e reparo no balizamento - que é a iluminação que ajuda os pilotos durante pousos e decolagens a noite.
Além disso, foi feita uma limpeza do mato no entorno do aeroporto, segundo o DER.

A operação de voos comerciais no aeroporto de Mossoró - que foi proibida pela Anac em 2011 - continua suspensa.

G1RN*


Lâmpadas incandescentes deixam o mercado nacional no dia 1° de julho

Começa a valer na sexta-feira (1º) a proibição de venda de lâmpadas incandescentes com potência de 41 a 60W que não atenderem os níveis mínimos de eficiência energética, informou nesta quarta-feira (29) o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). O órgão será quem fiscalizará o mercado.

Começa a valer na sexta-feira (1º) a proibição de venda de lâmpadas incandescentes com potência de 41 a 60W que não atenderem os níveis mínimos de eficiência energética, informou nesta quarta-feira (29) o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). O órgão será quem fiscalizará o mercado.

A fiscalização será feita no varejo, e os comerciantes que não atenderem à legislação estarão sujeitos a penalidades previstas em lei, com multas que variam de R$ 100 a R$ 1,5 milhão, ainda de acordo com o Inmetro.

Também na sexta, entra em vigor o prazo para restrição da fabricação e importação de lâmpadas de 25 a 40W, que terão de atender novos índices de eficiência.

No entendimento do Inmetro, tecnicamente, é o fim da presença das lâmpadas incandescentes no mercado.

“Apesar de as lâmpadas de 25W a 40W terem prazo de até junho de 2017 para deixarem do mercado, elas não conseguem atingir os novos níveis de eficiência estabelecidos para junho de 2016. Portanto, tecnicamente é o fim das incandescentes”, explicou o instituto.

A substituição deste tipo de lâmpada está sendo feita de forma gradativa desde 2014. As de 60 W, que eram as mais usadas, já não podem mais ser comercializadas desde junho de 2015. As acima de 75W e 100W deixaram de ser comercializadas em 30 de junho de 2014.

A mudança atende a cronograma estabelecido pelo governo em portaria de 2010, que fixou índices mínimos de eficiência luminosa para fabricação, importação e comercialização das lâmpadas incandescentes de uso geral em território brasileiro.

“Em 2010, 70% dos lares brasileiros eram iluminados por lâmpadas incandescentes. Hoje, esse número inverteu. Agora, somente 30% das residências usam as incandescentes, que deixarão de ser comercializadas no Brasil, seguindo uma tendência mundial recomendada pela Agência Internacional de Energia”, disse em nota o responsável pelo Programa Brasileiro de Etiquetagem, Marcos Borges.

O Inmetro recomenda que, na falta das lâmpadas incandescentes, o consumidor opte pelas fluorescentes compactas. Segundo o Instituto, elas duram de 8 a 10 vezes mais e consomem 4 vezes menos energia que as incandescentes ou as lâmpadas LED, que os fabricantes indicam durar 25 mil horas ou mais.

AgênciaBrasil*

Governo anuncia calendário de pagamento e antecipa 13º da educação

O Governo do Estado começa a pagar o funcionalismo a partir da próxima terça-feira (5). Os servidores da Saúde e Educação terão o pagamento creditado na conta dia 5 de julho. Na quarta-feira (6) é a vez dos servidores da área de Segurança Pública. Os demais funcionários da Administração Direta e da Administração Indireta que dependem dos recursos do tesouro estadual receberão o pagamento na quinta-feira (7).

Os aposentados receberão os vencimentos em duas datas: os inativos da Saúde, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e da Administração Indireta terão o pagamento depositado na sexta-feira (8). Já os demais inativos da Administração Direta receberão no sábado (9), quando será encerrado o calendário de pagamento para os servidores. Dia 12, os pensionistas terão os pagamentos creditados em conta.

Apesar da maior crise econômica dos últimos 25 anos, o Governo também vai adiantar 40% do 13º salário da Educação, por possuir recursos vinculados ao Fundeb, além dos órgãos que detém receitas próprias.


CBF anuncia seleção olímpica

O técnico Rogério Micale anunciou hoje (29) os 18 jogadores que integrarão a equipe brasileira de futebol masculino que disputará os Jogos Olímpicos Rio 2016. Doze jogadores atuam no futebol brasileiro e seis jogam em times europeus. Os nomes foram divulgados hoje na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro.

Os goleiros convocados são Fernando Prass, do Palmeiras, e Uilson, do Atlético Mineiro. Para as laterais, Micale convocou William (Internacional), Douglas Santos (Atlético Mineiro) e Zeca (Santos). Na zaga, estão Rodrigo Caio (São Paulo), Luan (Vasco da Gama) e Marquinhos (Paris Saint Germain).

Para o meio de campo, foram convocados Thiago Maia (Santos), Rodrigo Dourado (Internacional), Fred (Shaktar Donetsk), Rafinha Alcântara (Barcelona) e Felipe Anderson (Lazio). No ataque, figuram Neymar (Barcelona), Douglas Costa (Bayern de Munique), Luan (Grêmio), Gabriel Barbosa (Santos) e Gabriel Jesus (Palmeiras).

A estreia do Brasil será contra a África do Sul, no dia 4 de agosto, às 16h, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. No dia 7, às 22h, a seleção enfrenta o Iraque, no mesmo local. A seleção encerra sua participação na primeira fase no dia 10, às 22h, em um jogo contra a Dinamarca, no Estádio Fonte Nova, em Salvador.

AgênciaBrasil*


Presidente anuncia reajuste do Bolsa Família e R$ 700 milhões para educação

O presidente interino, Michel Temer, participa hoje (29) de uma cerimônia para anunciar a liberação de R$ 700 milhões em recursos para a educação básica e superior. De acordo com o Planalto, na mesma cerimônia ele vai anunciará o valor do reajuste a ser aplicado no programa Bolsa Família.

No último dia 17, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário havia informado que o pagamento dos benefícios referentes a junho seria feito sem o reajuste de 9%, previsto para ser aplicado a partir deste mês, conforme anunciado anteriormente, na gestão da presidente afastada Dilma Rousseff.

O reajuste de 9% no Bolsa Família foi concedido pelo governo anterior por meio de um decreto publicado no dia 6 de maio, uma semana antes da votação do processo de impeachment de Dilma no Senado. Na época, o governo disse que o valor médio do benefício pago para 13,8 mil famílias passaria de R$ 162 para R$ 176 mensais.


Em justificativa apresentada para não pagar o reajuste, o governo Temer disse estava avaliando os cortes promovidos pela gestão anterior para poder efetivar o aumento. No mesmo dia, em ato no Recife (PE), Dilma classificou como “mesquinharia” o não pagamento do reajuste.

NovoJornal*

Ministério reconhece emergência pela seca em 153 cidades do RN

O Ministério da Integração Nacional reconheceu situação de emergência por causa da seca em 153 municípios potiguares. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (28). Confira AQUI os municípios que integram a lista. De acordo com a Companhia de Águas e Esgoto do Rio Grande do Norte (Caern), atualmente 14 municípios estão em colapso no abastecimento de água e outros 77 estão sob sistema de rodízio.

O governo do Rio Grande do Norte renovou a  situação de emergência por mais 180 dias no dia 22 de março deste ano. O estado enfrenta a maior seca dos últimos cem anos. Dentre os prejuízos causados pela seca, o estado ressalta a perda de mais de 135 mil cabeças de gado de 2012 a 2015. Já no período entre 2012 e 2014, ainda segundo o documento, houve uma redução de 65,79% na produção de grãos (milho, arroz, feijão e sorgo).


Com a portaria que reconhece a situação de emergência, o Governo Federal pode repassar recursos públicos aos municípios atingidos pela seca com mais rapidez e menos burocracia.

G1*

Encerrada mais um cobertura de São João, desta vez a maior já realizada por este blog em Nossa Riacho de Santana, é momento de agradecer e parabenizar.


Agradecimentos:

Aos patrocinadores oficiais da cobertura: Realiza (Empresa de limpeza urbana), Wilton Fagner (Psicólogo Clínico), Dr. João Alexandre Advocacia, Drª Lariane Raulino (Cirurgiã Dentista) e a Prefeitura Municipal (Prefeito Jessé Freitas e Vice-prefeito Aristóteles Fontes.

Parabéns:

A todas as equipes da Igreja de São João Batista que realizaram uma belíssima festa, de forma muito organizada, acolhedora e alegre.

Toda equipe da Prefeitura Municipal de Riacho de Santana que fez bonito na parte social, desde a ornamentação, organização, acolhimento, segurança e atrações, resgatando assim a essência da nossa querida festa de padroeiro.


Por último os parabéns e um agradecimento muito especial a você que de perto ou de longe acompanhou toda a nossa festa através do blog, assistindo, curtindo, comentando e compartilhando as nossas postagens. Tudo foi feito com muito carinho para os santanenses, filhos ausentes e visitantes. Esperamos em 2017 estarmos juntos mais uma vez no Melhor São João da Região.

Governo publica lei que prevê entrada forçada em imóveis contra Aedes

O presidente em exercício, Michel Temer, sancionou a lei que determina medidas de combate ao Aedes aegypti, mosquito que transmite doenças como zika, dengue e chikungunya. Publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira (28), a Lei Nº 13.301 autoriza a entrada forçada em imóveis para eliminação de focos do mosquito, medida que já era prevista por uma medida provisória de 29 de janeiro.

A regra também determina a criação do Programa Nacional de Apoio ao Combate às Doenças Transmitidas pelo Aedes (Pronaedes) para financiamento de projetos de combate à proliferação do mosquito.

Entrada forçada a imóveis
A lei determina que agentes públicos podem realizar o ingresso forçado em imóveis públicos e particulares para eliminação de focos de mosquito em três situações: quando o imóvel está com sinais visíveis de abandono; quando, após duas visitas, não for possível localizar alguém que permita a entrada no imóvel ou quando houver uma recusa em permitir a entrada do agente público.


A Medida Provisória Nº 712, de 29 de janeiro de 2016, já previa a entrada forçada em imóveis para combate ao Aedes, mas determinada que o ingresso forçado ocorreria somente em casos de abandono ou ausência, não de recusa explícita.

Ainda de acordo com a nova lei, estão previstas visitas a imóveis nos sábados, realização de campanhas educativas, universalização de acesso a esgoto e água potável, incentivo a desenvolvimento de pesquisas e incorporação de novas tecnologias de vigilância em saúde.


A lei determina ainda que bebês com microcefalia em decorrência de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti têm direito ao benefício de prestação continuada, concedido a pessoas com deficiência, por até três anos. Além disso, mães com filhos com microcefalia terão o direito a licença-maternidade de seis meses.

G1*

Pré-candidatos não poderão apresentar programas de rádio e TV a partir de quinta

A partir de quinta-feira (30), as emissoras de rádio e televisão não poderão transmitir programas que sejam apresentados ou comentados por pré-candidatos às eleições municipais deste ano. A data está prevista no calendário eleitoral, aprovado por uma resolução do Tribunal Superior Eleitoral.

Caso a regra seja descumprida e o pré-candidato seja escolhido na convenção do partido para concorrer às eleições, a emissora e o candidato poderão ser penalizados. Segundo o calendário eleitoral, as penalidades estão previstas em leis.


O texto diz que, a partir desta data, é "vedado às emissoras de rádio e de televisão transmitir programa apresentado ou comentado por pré-candidato, sob pena, no caso de sua escolha na convenção partidária, de imposição da multa prevista no parágrafo 2º do Artigo 45 da Lei nº 9.504/1997 e de cancelamento do registro da candidatura do beneficiário (Lei nº 9.504/1997, Artigo 45, parágrafo 1º)”.

AgênciaBrasil*

Abono salarial PIS/Pasep poderá ser sacado até quinta-feira

Aproximadamente 1,38 milhões de trabalhadores brasileiros ainda não sacaram o abono salarial PIS/Pasep e têm até está quinta-feira (30) para sacar o benefício segundo informações fornecidas nesta segunda-feira (27) pelo Ministério do Trabalho.

De acordo com o governo foram pagos R$18,4 milhões até a última sexta-feira (24) para 22, 2 milhões de trabalhadores que compreende 94,14% do total.

Beneficiários devem procurar uma agência da Caixa Econômica ou Banco do Brasil para sacar os valores que equivale a um salário mínimo com valor de R$880,00. Os valores que não forem sacados retornam ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Números oficiais revelam que em todo o Brasil 23,6 milhões de trabalhadores tem direito a receber o abono salarial de 2015. De acordo com o governo tem direito ao abono trabalhadores cadastrados no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos com remuneração média de até pelo menos dois salários mínimos. E que exerceram atividade remunerada durante pelo menos 30 dias em 2014.

Além disso, o trabalhador tem que ter seus dados informados pelo empregador (pessoa jurídica) corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

O Programa de Integração Social (PIS) e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) são contribuições sociais de natureza tributária, devidas pelas pessoas jurídicas, com objetivo de financiar o pagamento do seguro desemprego e abono salarial.

COMO SACAR O BENEFÍCIO

O trabalhador deverá verificar se o benefício não foi depositado diretamente na conta, caso contrário deverá comparecer com o cartão cidadão e a senha cadastrada nos terminais de autoatendimento da Caixa ou em uma Casa Lotérica. Se não tiver o cartão cidadão o trabalhador poderá sacar em qualquer agência da Caixa com documento de identificação. 

As informações sobre o direito ao saque podem ser obtidas pela central de atendimento Alô Trabalho 158. Pelo 0800-7260207 da Caixa, e pelo autoatendimento 0800-7290001 do Banco do Brasil.

Nominuto*


COPA IVANIR DAS CHAGAS LAU: CONFIRA TUDO

Primeiro dia do VI Torneio de Futebol Francisco IVANIR das Chagas no Sítio SANHARÃO Município de Água Nova RN.

Iniciando com as Equipes Cantando o Hino Nacional com a presença dos filhos do Homenageado e os Organizadores do Evento.

Logo após o Organizador do Evento Fez o Seu Pronunciamento fazendo a abertura da Competição .

No primeiro jogo SANHARÃO empatou com a equipe da MURIÇOCA de 0 a 0 no tempo Normal e SANHARÃO venceu de 3 a 2 nos pênaltis. 

No Segundo jogo a ESCOLINHA DO RATINHO empatou de 0 a 0 com RENOVAÇÃO II no tempo normal, depois a ESCOLINHA venceu de 3 a 2 nos pênaltis. 

No terceiro jogo RENOVAÇÃO I empatou de 0 a 0 com CRUZEIRO no tempo normal. Logo depois o CRUZEIRO venceu de 2 a 1 nos pênaltis. 

No quarto jogo os VETERANOS venceram de 1 X 0 AJAKS no tempo normal.

No quinto jogo AREINHENSE venceu de 1 X 0 o CARNAUBAL no tempo normal. 

E no Sexto jogo BOM SERÁ empata de 0 X 0 com 1º de ABRIL em tempo normal e logo após BOM SERÁ vence de 3 X 2 nos pênaltis.

Ficando Assim os confrontos do Domingo.
SANHARÃO X ESC. DO RATINHO 
CRUZEIRO X VETERANOS 
AREINHENSE X BOM SERÁ

Neste dia 26 de Junho de 2016 foi Realizado o Segundo dia do 6° Torneio de Futebol Francisco Ivanir das Chagas no Sítio Sanharão em Água Nova RN, com a participação de 12 equipes Municipais. 

O referido Torneio começou no sábado e Concluiu no Domingo , sendo realizado 13 Jogos ao todo.

Neste Domingo os jogos foram conduzidos por Gilvan Alves e seus Auxiliares.Os jogos no período da manhã ficaram assim:

SANHARÃO 1 X 0 RENOVAÇÃO , 
CRUZEIRO O X 0 VETERANOS , o Cruzeiro se Classificando para semi final ganhando nos pênaltis de 2x0.
AREINHENSE 4 X 0 BOM SERÁ e se classifica para semi final. , 
.

Logo após teve o sorteio dos três times não vitoriosos, e foi sorteado os VETERANOS Para as simi finais.
No período da tarde os confrontos dos Semifinalistas foram:
SANHARÃO 1 X 0 CRUZEIRO , saindo ai o primeiro finalista.

Logo após foi
AREINHENSE 1 X O VETERANOS. Saindo ai o segundo finalista.

Na decisão do 3° e 4° colocado o CRUZEIRO venceu os VETERANOS DE 5 X 4 nos pênaltes.
E na decisão final o ARENHENSE vence o SANHARÃO por 1 X 0 e se Consagra "Tetra Campeão do Torneio Francisco IVANIR das chagas".
Quero aqui Deixar os meus Parabéns e o meu OBRIGADO a todos os Participantes da Grande Competição e a todo o Público que Compareceu a este Maravilhoso Evento. 
Como também a Policia Militar e a Brigada de Emergência que reforçaram e abrilhantaram a segurança do Evento.


AS COLOCAÇÕES FICARAM ASSIM:

1° - LUGAR AREINHENSE - CAMPEÃO 
2° - LUGAR SANHARÃO - VICE - CAMPEÃO 
3° - LUGAR CRUZEIRO
4° - LUGAR VETERANOS 
5° - LUGAR RENOVAÇÃO 
6° - LUGAR BOM SERÁ

Confira as imagns  AQUI

IFRN Pau dos Ferros - Publicado edital com 30 vagas para o curso de "Costureira: tecendo lugares, cores e trajetos"

A Direção Geral do Campus Pau dos Ferros do IFRN, através do EDITAL Nº 11/2016-DG/PF/IFRN, torna público o Processo Seletivo para o curso de formação inicial e continuada (curso FIC) de  "Costureira: tecendo lugares, cores e trajetos", através de extensão via Programa Mulheres Mil.

Para se inscrever neste curso, é necessário que a candidata atenda às condições estabelecidas no item 3 do edital: ser do sexo feminino; possuir idade mínima de 18 anos; ter ensino fundamental II incompleto como escolaridade mínima; residir, preferencialmente, na cidade de Pau dos Ferros.

A seleção disponibiliza 30 vagas e as inscrições devem ser feitas no período de 28 a 30 de junho de 2016, no horário das 8h30 às 11h30, na sala 66, localizada no 3º piso, no Campus Pau dos Ferros do IFRN.

No ato da inscrição, a candidata deverá apresentar documento de identidade e número do CPF. Caso a candidata não possua os documentos citados, pode substituir por qualquer outro documento oficial com foto ou do registro de nascimento ou de casamento. Caso seja selecionada será obrigatório apresentar o número do CPF. Ainda no ato da inscrição, deve ser entregue:
a) Cópia do comprovante de residência, preferencialmente em nome da candidata;
b) Declaração de renda (Anexo II) e seus respectivos documentos;
c) Histórico escolar ou declaração de próprio punho informando o nível de escolaridade exigido no Projeto Político Pedagógico do Curso-PPC, assinada pela candidata e por 02 (duas) testemunhas (Anexo III).
d) Questionário socioeconômico respondido, disponibilizado pelo IFRN, o qual servirá como instrumento de seleção.

Da seleção e resultados
A seleção será regida em atenção aos critérios estabelecidos no item 4 do Edital. O resultado preliminar será publicado no dia 1º de julho e, o resultado final, no dia 5 de julho. As candidatas selecionadas deverão efetuar as matrículas nos dias 7 e 8 de julho de 2016.

Acesse:


O PROGRAMA
O Programa Nacional Mulheres Mil: educação, cidadania e desenvolvimento sustentável, instituído pela Portaria nº 1.015, de 21 de julho de 2011, doravante chamado Programa Mulheres Mil, faz parte de um conjunto de ações que visam à consolidação das políticas públicas e diretrizes governamentais de inclusão educacional, social e produtiva de mulheres em situação de vulnerabilidade.